quinta-feira, 24 de abril de 2008

BTT NOCTURNO "EXTREME" 23 Abril 2008

Foram 7 os aventureiros nocturnos que desafiaram a escuridão e se embrenharam por descidas vertiginosas, subidas de perder o fôlego, lugares onde à noite apenas vagueiam os espíritos.

Clique para ver a galeria de imagens
O desafio para fazermos o nocturno partiu do Quim Serra, que trouxe alguns amigos de Aveiro, coube-me a mim (Evaristo) e ao Pedro Cruz conduzir o pessoal por um percurso muito exigente, como se pode ver pela altimetria.

Altimetria
O objectivo foi subir até á capela ardida, o que fizemos passando pelo cemitério de Vale Maior, pelas pedreiras do Gavião. A descida da capela ardida até ao caminho do rio mau foi alucinante, com alguns sustos pelo meio.

De realçar a excelente iluminação que o Quim desenvolveu, a "Berlaites", um potente Led de 20W, quase parece de dia no máximo!

Como ainda tinhamos vontade de pedalar, fomos até as minas do Braçal, e dai subimos para a Senhorinha, onde fizemos a descida muito radical para a ciclo via ao longo do Vouga.
Chegamos a Albergaria as 00h30, depois de 36,5km muito duros, mas divertidos, pedalar a noite é uma experiência completamente diferente, os caminhos parecem mais longos e estreitos!

No domingo eu, o Pedro e o Baixinho vamos participar na Maratona Ribeiras da Estrela, em Paul, Covilhã, no fim de semana de 3 de Maio temos a Queima da Fitas em Coimbra, dia 11 de Maio vamos ao Passeio dos companheiros do BTT Bike4nyc8 Tocha Team, um passeio pela Serra da Boa Viagem que aconselho.

Aproveito para lançar o desafio de fazermos o passeio anual à Serra da Freita dia 17 de Maio.

4 comentários:

Guy de Maupassant disse...

Foi um prazer pedalar convosco nesta aventura nocturna... venham mais destas!!! A camaradagem foi espectacular e o percurso alucinante. Nota para o Evaristo: obrigado pela câmara de ar; tenho de devolvê-la na próxima vez que nos encontrarmos.
Boa Maratona no domingo.
Um abraço
R.

Xure disse...

Malta! Obrigado pela volta, que apesar de conhecer bem a zona, não conhecia aquela descida maluca até à ciclovia...
Espero que seja a primeira de muitas pedaladas juntos.

Abraço e até breve...

Paulo

José Afonso disse...

Pessoal, desculpem se a volta foi algo dura, mas o objectivo era chegar rapidamente a capela ardida.
Agora fazer a descida para a Foz com luzes do chinês nunca mais, ia correndo mal a coisa...
Temos de combinar outra voltita nocturna.
Evaristo

Pedro Cruz disse...

Especialmente na parte em que tiveste que utilizar a saída de emergência da bike :D

É isso, temos que combinar mais uns nocturnos, mas só depois da "berlaites" ter umas irmãs montadas nas bikes do pessoal! eheheh

Abraço e boas pedaladas ;)