terça-feira, 24 de junho de 2008

Raid pela Ria até Aveiro - 22 Junho 2008

Em dia de volta a Albergaria em ciclismo fomos até ao centro da vila assistir à chegada das "rodinhas finas". O nosso atleta local não venceu mas foi muito interessante ver a chegada dos ciclistas ao sprint após tanto kilometro sempre a abrir! Fui com o meu irmão de bike e lá nos encontramos com o Evaristo que tinha tirado a rígida da garagem para ver se ainda se lembrava como era andar sem amortecedor atrás. Dois dedos de conversa e chegámos à conclusão que depois de um treino mais puxado do que estava previsto no sábado, nada melhor que uma voltinha "só até Canelas para desentorpecer os músculos".

Galeria de Imagens

Ir a casa, equipar, trocar também de bike no caso do Evaristo e já eram mais uma vez umas 4 da tarde quando arrancámos tal como previsto em direcção aos esteiros de Canelas. Chegados ao apeadeiro e dada a nortada que se fazia sentir rumámos para o lado sudoeste, que tem mais vegetação e os trilhos são mais abrigados do vento. Após um pequeno reforço junto a uma das comportas dos canais chegámos a Cacia num ápice e decidimos atravessar para dar uma volta pelo outro lado do Rio que eu ainda não conhecia. Claro que com uma tarde de sol daquelas não apetecia voltar logo para casa e fomos seguindo à descoberta de trilhos que ligassem a Aveiro com o objectivo de marcar um track para o nosso regresso na volta à Ria (que está marcada já para o próximo domingo).

Tentámos sempre seguir o mais próximo da água possível mas à custa de uns quantos caminhos sem saída constatámos que uma parte do troço de ligação até Aveiro terá que ser obrigatoriamente feito por alcatrão. Já junto à A25 pudemos ver o avanço das obras da nova ligação ferroviária e encontrámos um trilho em terra batida que mais adiante (já em frente ao canal de S. Roque) passa a ciclovia improvisada (ver fotos) :)

Atravessámos as pontes pedonais sobre a A25 e sobre o canal, seguimos em direcção à Praça do Peixe e regressámos a casa sempre por estrada. Foi mais um domingo bem passado a pedalar em que aquela voltinha "só até Canelas para desentorpecer os músculos" se transformou numa voltinha de 55 Km. Balanço do fim de semana: cerca de 135 km entre o mar e a serra, sempre com belos trilhos e paisagens espetaculares. Venha rapidamente o próximo!

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Linha do Vouga - Sernada a Oliveira de Frades - 21 Junho 2008

Após o cafezito depois de almoço, numa tarde propicia para cortar a relva do jardim, fui convencido pelo Pedro e o João Cruz, a fazer um reconhecimento do percurso da antiga linha de caminho de ferro do Vale do Vouga, desde Sernada até Oliveira de Frades.

Galeria de Fotos

Pensava eu que ia ser um percurso fácil, muito rolante, sem descidas nem subidas. Até Paradela correu bem a volta, a ciclo via permite rolar a grande velocidade, depois foi mais um pouco de esforço até Cedrim. Ai perde-se o trilho da linha, mas após contornarmos umas casas, voltamos ao caminho certo.

Foi um desenrolar de estações, apeadeiros, muitos túneis, paisagens fabulosas do vale do Vouga, até chegarmos a Oliveira de Frades, com um acumulado de subida de cerca de 800m, mas que para mim exigiu um esforço enorme, devido a falta de treino. O regresso foi feito a grande velocidade, mesmo assim demoramos 5h para fazer os 80km deste passeio.

Foi um bom treino para a etapa de dia 12 de Julho, desde Sernada até Viseu, e para alguns herois também no dia 13, de Viseu a Sernada do Vouga.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Divulgação - 8ª Volta a Albergaria em Bicicleta - 22 Junho 2008

O nosso Álvaro, um dos grandes obreiros desta iniciativa conjunta do Clube de Albergaria e Câmara Municipal, fez-me chegar um mail de divulgação do evento. Apesar de ser uma prova "estradista" é um evento desportivo de grande importância do nosso concelho e que merece todo o nosso apoio. Não poderíamos ainda deixar de expressar o nosso especial apoio ao nosso amigo e companheiro de pedaladas de BTT nas horas vagas Edgar Pinto, ciclista profissional da equipa do SL Benfica.

8ª Volta a Albergaria em Bicicleta

"A grande festa do ciclismo está de regresso ao nosso concelho. A volta a Albergaria em Bicicleta, conta este ano, com o melhor pelotão do ciclismo Nacional, todas as equipas profissionais!

Num grande esforço do Clube de Albergaria, estarão presentes em Albergaria-a-Velha os melhores ciclistas a correr em Portugal, se esta era já uma razão para termos milhares de pessoas na rua a aplaudir, o facto de ser aqui disputada a Final da Taça de Portugal de Elites trará ainda mais interesse a esta já muito conceituada prova.

Contamos com todos no dia 22 para fazermos deste mais um grande evento, que será sem dúvida, um grande espectáculo. Um agradecimento especial aos patrocinadores oficiais, que desde a primeira hora, mostraram interesse em trabalhar connosco de uma forma dinâmica. À Câmara Municipal, que demonstrou, em mais esta parceria, ser este um modelo de sucesso!"

terça-feira, 17 de junho de 2008

Dupla Jornada - BTT Albergaria ConVida

Como já havia sido falado na ida a Estarreja vamos agendar para dia 27 (sexta-feira) um nocturno às tasquinhas, mas desta vez em Albergaria. Aproveitando o evento organizado pela Câmara Municipal partiremos para um percurso (ainda a definir) de dificuldade baixa à volta de Albergaria rumo à Quinta do Torreão. Trata-se de um passeio de amigos cujo único objectivo é o convívio nos trilhos e posteriormente numa bela jantarada que se antevê memorável!

Albergaria ConVida

Para além do grupo habitual de Albergaria esperamos contar também com a presença da malta da Ribeira de Fráguas, Mouquim, Estarreja e S. João de Ver. O Álvaro em principio arranja parque para as máquinas numa área reservada, banhos são no chafariz em frente ao costa e no jantar o formato é o do costume, contas à moda do Porto! Não haverá inscrições mas era porreiro saber quantas pessoas serão para podermos avisar nas tasquinhas. Será complicado reservar mesas, mas tudo se resolve. Avisem sff para o btt.albergaria@gmail.com.

E como no domingo (dia 29) é dia de BTT e neste caso também de caravana à Torreira, proponho também um passeio à volta da ria, sempre que possível pelos esteiros ou junto aos canais.

Passeio Volta à Ria

O percurso será Albergaria > Estarreja > Veiros > Murtosa > Torreira > S. Jacinto. Faremos a travessia na lancha para a Barra e o regresso será por Aveiro > Albergaria. Não queremos de forma alguma desviar "clientes" ao Clube de Campinho, porque não é a nossa forma de estar e porque não é hábito da malta do BTT aderir à caravana, mas sim associar-nos de uma forma alternativa. O almoço poderá ser na Torreira em convívio com os estradistas (até porque quanto sei alguns de nós vão na caravana a acompanhar as namoradas) ou em S. Jacinto no Restaurante "A Peixaria". Mais novidades para breve..

1º Passeio BTT UDCM - Mouquim - 15 Junho 2008

Realizou-se no passado domingo dia 15 o 1º Passeio de BTT organizado pela secção de BTT da União Desportiva e Cultural de Mouquim. A concentração estava marcada para as 8:30 junto ao Polidesportivo.

Galeria de fotos

Embora tenhamos chegado um bocadito depois da hora ainda tive de voltar a casa para buscar as sapatilhas que me tinha esquecido. Pensei que era o último a chegar, mas ainda havia um furito daqueles que aparecem antes mesmo do arranque. Não há problema, afinal de contas era tudo malta +/- conhecida e espera-se sempre mais um bocadito por um companheiro! Já passavam alguns minutos depois das 9 quando o companheiro Marcelino fez um pequeno briefing e deu as boas vindas aos presentes.

Partimos então ao encontro do Rio Caima, subindo pela margem esquerda, um trilho para mim desconhecido, até Valmaior já próximo da ponte recem restaurada. Aqui ficámos tambem a conhecer um single-track (coisa rara nos nossos lados) até à estrada da entrada nascente da freguesia. A partir daqui foi subir e bem pelo estradão de terra até à Sra do socorro. E por falar em Socorro, quem não se deu nada bem neste monte foi o habitual protagonista das quedas, o inevitável João. Desta vez não por culpa própria, mas por um vento de leste que o atirou da bike abaixo. O furacão Igor varreu tudo à sua passagem deixando no ar uma nuvem de pó e duas bikes e respectivos ciclistas completamente embrulhados. Pensou-se ainda chamar os bombeiros para desencarcerar os homens e a gnr para tirar as medidas do acidente, mas acabamos por conseguir resolver nós mesmo a situação. Mesmo com a roupa suja (eheheh) lá seguimos caminho em direcção ao Palhal.

Gráfico de Altimetria

Antes ainda da passagem junto à fábrica passámos por um trilho bastante acidentado e inclinado que obrigou alguns ciclistas a "saltar enquando era tempo" e mesmo a treinar o famoso OTB - "Over The Bar". Depois já da Quinta do Palhal esperava-nos o reforço. Seguimos então pelo já conhecido percurso do Eucalipto > Telhadela > Ribeira de Fráguas > Gavião. Nesta bela localidade esperava-nos a surpresa do dia. Esta malta de Mouquim conseguiu inventar um single track impecável junto às terras de cultivo, passando no meio da vegetação, e terminando com uma travessia de ribeira. Os meus parabéns por irem lá "inventar" aquele troço! :)

Rumámos então a Mouquim, já com a chuva a querer aparecer, para o retemperador banho e almoço convívio. Foi então servida uma bela feijoada por uma senhora muito simpática que se preocupou sempre que a malta "não dissesse como da outra vez" e saísse dali com a barriga bem cheia! :)
Este foi um excelente passeio convívio em que nos sentimos "em casa", dada a forma como fomos recebidos em Mouquim. O nosso agradecimento por tudo e para a próxima (Marcelino, estamos a contar com essa prova de orientação) de certeza que voltaremos a estar presentes! Um abraço e boas pedaladas.

P.S: Há mais fotos no recem-criado Blog do BTT UDCM. Visitem!

Nocturno às Tasquinhas de Stº António em Estarreja - 13 Junho 2008

Foram 16 os bravos aventureiros que se concentraram na passada sexta-feira frente ao Trompete Bar para a reedição do nosso passeio nocturno anual às tasquinhas das festas de Sto. António em Estarreja.
Galeria de Fotos

Como ainda havia bastante claridade decidimos fazer um percurso um pouco mais alargado ao invés de irmos directos a Estarreja. Eram cerca de 8:30 quando partimos rumo à Sra. do Socorro em direcção a Albergaria-a-Nova. Atravessamos a N1 junto à fábrica Sebra e seguimos até Soutelo, descendo por um trilho bastante enlameado com direito a travessia de uma vala no final. Neste troço o meu cabo das mudanças de trás partiu-se e passei a pedalar numa "single speed". Àquela hora as melgas eram tantas que nem me atrevi a parar para mexer no desviador. Feita a ligação por alcatrão e passada a ponte da auto-estrada, voltámos a entrar em terra, seguindo até à zona da área de serviço da A1. Aqui encontrámos o rio Antuã e seguimos por um trilho junto à margem até ao nosso destino final.

Foi então altura de reagrupar a tropa toda para uma entrada triunfante na Praça Francisco Barbosa, com a banda de música que estava em palco a proporcionar-nos uma chegada ao estilo de um filme de Hollywood. Obviamente o povo não ficou indiferente a 16 bikes cheias de luzes a invadir a praça e fomos inclusivamente recebidos com palmas!

Estacionadas as bikes, fomos brindados com uma refrescante rodada de finos pelo nosso companheiro do BTT dos "Trepa Coqueiro" e prontamente foram providenciadas 2 mesas para a malta abancar. Começamos o jantar com um belo caldo verde extremamente quente que causou algumas queimadelas ao pessoal mais desatento. Nada que não se resolvesse, o João prontamente disponibilizou a água do meu Camelbak para arrefecimento. Foi então que a menina que nos estava a servir chegou à conclusão que iamos dar muito trabalho durante o repasto e destacou um jovem (o "bateria", como o baptizámos) que devia ter estado muito tempo junto à bica dos finos. Vem ementa, vai ementa, pede-se feijoada, já não há feijoada, afinal é pregos no prato, nós queremos entrecosto, rojões parece que ainda há... Bom, uma confusão enorme que nos valeu uma boa espera pela comida! No entanto, o rapaz parecia continuar concentrado apenas nos finos e ia trazendo a bandeja cheia para a nossa mesa. Quando nos demos conta já a outra mesa tinha acabado de jantar e nós continuávamos com dieta liquida. Até que finalmente começou a chegar a comida e foi ver o Álvaro e o João competirem pelo título de maior lateiro da mesa.

Resolvida a nossa situação e após umas horas de convívio e de umas valentes gargalhadas foi tempo de regressar a casa. Uns mais em linha recta que outros, seguimos em grande ritmo pelo alcatrão até Canelas, onde entrámos em terra até à Zona Industrial. Como a volta só ficaria completa junto ao Trompete Bar ainda conseguimos chegar a tempo de uma última mini antes de rumar a casa. Foi uma noite muito bem passada, na companhia de bons amigos com grande espírito de camaradagem. Ficou ainda marcado um nocturno "em casa" no próximo dia 27 de Junho (Sexta-feira) com a volta ainda a definir mas sendo o destino final as tasquinhas do Albergaria Convida, na Quinta do Torreão.

terça-feira, 10 de junho de 2008

Voltinha à Praia - 10 Junho 2008

Agora que o verão está aí a chegar, nada como passar uma tarde de feriado numa tranquila esplanada ou junto ao mar. Foi com esse espírito que partimos hoje num invulgar passeio estradista até à Praia da Barra. Com o Evaristo ainda a recuperar da gripe eu e o João recrutámos o nosso amigo Zé Augusto, um novo adepto das duas rodas, para ir rolar connosco.

Image and video hosting by TinyPic

Partimos então rumo a S. João de Loure, em direcção a Aveiro pelos campos junto ao Vouga até ao Estádio. Entrados na cidade a praça do peixe foi ponto de paragem obrigatório para uma refrescante mini acompanhada dos belos dos tremoços. E porque era a Espanha que estava a jogar contra a Rússia e não a nossa selecção seguimos viagem até à Barra pelas ciclovias junto à A25. Depois da habitual voltinha junto ao farol e até ao fundo do molhe era já hora de voltar, com a vantagem de não apanharmos filas para sair. Seguimos então em grande ritmo de volta a Aveiro > Cacia > Angeja > Albergaria. No final o conta km marcava 81km em 4 horas de passeio.

A próxima jornada está já marcada para 6ª feira às 20h, junto ao Trompete Bar, para o nocturno anual às tasquinhas de Sto. António em Estarreja. E não esquecer também que domingo o passeio é em Mouquim! :)

domingo, 8 de junho de 2008

Regresso a BESELGA - 8 Junho 2008

Após estas semanas de "preparação", chegou finalmente o dia do 6º Passeio de BTT "Nos trilhos do Ceireiro" em Beselga, localidade situada entre Sernancelhe e Penedono.

Galeria de Fotos

Foi em Novembro de 2007 que estivemos pela 1ª vez em Beselga para participar na Maratona, e foram as gratas recordações da simpatia da população, trilhos e paisagens espectaculares, organização 5*, que nos fizeram voltar. Desta vez, e como se tratava de um passeio, com possibilidade de fazer 20/30km ou 40/50km, foram 5 os elementos do BTT Albergaria que participaram, com estreia absoluta em passeios organizados da Kat nos 20km, e participação de Evaristo, Pedro, João e Narciso Cruz nos 40km.

A ideia de fazer um passeio em que os diversos percursos se iam juntando foi excelente, tal como a ideia de não repetirem os troços da maratona, o que nos possibilitou descobrir mais um pouco da esplendorosa beleza natural desta região. O percurso teve uma fase inicial de subida média, depois foi rolar no planalto até ao 1º reforço, aos 23km. A partir dos 28km começaram as dificuldades, com uma subida muita longa e técnica, até a aldeia de Telhal, depois tivemos direito a um caminho empedrado sempre em subida íngreme. Ultrapassada a dificuldade fomos presenteados com um excelente reforço, com as famosas "lancheiras". A seguir foi a descida do dia, feita em grande velocidade, com umas escorregadelas na areia pelo meio.

Na chegada a Besega foi tempo de lavar as bikes, tomar o banhito, e ir provar as fenomenais entradas, foi pena o tempo não ajudar e começar a pingar. Para culminar o grande dia de BTT, foi o almoço com grelhada mista e arroz de feijão. Despedimo-nos de Beselga, com a promessa de voltarmos para a Maratona em Novembro. Obrigado amigos!

Treino para Beselga - Parte III - 7 Junho 2008

Com uma bela tarde de sol e sem muito calor, eu e o João, impossibilitados de ir à "Rota dos Esteiros" em Estarreja uma vez que Beselga estava há muito na agenda, decidimos ir fazer um treino secreto até ao Cais do Bico na Murtosa.

Galeria de Fotos

Com a ajuda do google earth desenhei um percurso sempre o mais próximo possível dos canais da Ria e lá seguimos confiantes que o gps não nos levaria por nenhum silvado até ao nosso destino. Partimos rumo à zona industrial em direcção a Canelas, onde pudemos constatar a força do avanço das máquinas que abrem a continuação da A29 nos montes a nascente desta aldeia.

Chegados ao apeadeiro, já do lado dos esteiros foi então tempo de seguir o gps por caminhos até então desconhecidos até Veiros passando ao lado de Estarreja. Aqui chegamos à parte mais espetacular do percurso, onde passamos por zonas completamente abertas, sem qualquer tipo arvoredo (e quase sem trilho) e onde os canais da ria dão lugar ao inicio do largo estuário. Sempre em bom ritmo chegamos ao Cais do Bico onde aproveitamos para tirar mais algumas fotos. Nota mais para este percurso do gps que estava 100%! O regresso foi feito em grande ritmo pelo alcatrão, uma vez que às 6 da tarde começava a qualificação da Formula 1! Terminámos o passeio com cerca de 60 Km e poucos metros de acumulado, uma vez que tirando a ligação a Albergaria o percurso é praticamente todo plano.

Ainda não conhecia esta zona mais a norte da Ria. Já tinha andado por Cacia, Canelas e Salreu, mas este lado é sem duvida o mais bonito e agradável para pedalar. Surgiu a ideia de um destes fins de semana ir até à Torreira seguindo este trilho e voltar por S. Jacinto (onde poderíamos almoçar), atravessar na lancha e fazer o regresso pelo lado da Barra e Aveiro. Sugestão de data: 29 de Junho! Deixem na caixa de comentários as vossas sugestões e fica novamente a pergunta: quem é que alinha?

Boas pedaladas!

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Divulgação - Passeio BTT em Mouquim - 15 Junho 2008

O BTT é nos dias hoje uma modalidade em franca expansão e o nosso concelho é disso um bom exemplo. A nossa posição geográfica entre o mar e a serra oferece-nos condições naturais excepcionais, com paisagens e trilhos para todos os gostos, sendo já uma referência na região como ponto de encontro de bbtistas e inclusivé palco maior para realização de provas dinamizadas por grupos de concelhos vizinhos. Chegou-nos mais um pedido de divulgação via email de um passeio btt organizado pela malta de Mouquim e que passo a transcrever:

Boas pessoal. Tal como vocês, também nós temos um grupinho muito porreiro. Mouquim já foi uma colectividade muito forte no BTT, mas devido a muitos factores foi-se perdendo este gosto pela bike. Agora com organização, companheirismo e gosto pela bike, queremos tentar despertar esta juventude.

Fica assim o nosso convite para que possam estar aqui connosco dia 15 de Junho pelas 8h30 no polidesportivo de Mouquim. O percurso tem mais ou menos 30 km e passa por Mouquim, Sra. do Socorro, Vila Nova de Fusos e acaba novamente em Mouquim. As inscrições são de 8 euros com reforço, banho quente, lavagem de bikes e almoço, ou 3,5 euros sem almoço, e poderão ser feitas para o telemóvel 91 719 50 81. Contamos com a vossa companhia e apoio no que será o primeiro de muitos.


É importante apoiar estas iniciativas e tal como no nocturno da Ribeira conto estar presente. Quem é que alinha mais? :)

Treino para Beselga - Parte II - 3 Junho 2008

Aproveitando o belo final de tarde do dia de ontem (terça-feira) eu e o Evaristo resolvemos fazer mais um "treino secreto" para o passeio do próximo fim-de-semana em Beselga.

Por do Sol

Partimos de Albergaria eram cerca de 7:45pm em direcção à Sra. do Socorro > Carvalhal > Rendo > Gavião. Embora a ideia inicial fosse regressar por Mouquim e Sernada optamos por subir até aos 5 Caminhos. Aproveitei para tirar umas fotos do fantástico por do sol visto do alto do monte e seguimos com a luz do dia a dar as últimas até à Capela Ardida. Foi então altura do Evaristo experimentar o seu novo foco de iluminação made in Hong Kong. Dado que desta vez na segunda parte da descida (para o caminho da Foz) não houve desvios na rota, a conclusão a que chegou foi que luz é bastante potente e clara mas o sistema de apoio terá ainda que ser melhorado! O regresso foi feito em ritmo elevado pela Foz > Carvoeiro > Sernada > Albergaria.

Gráfico de Altimetria

Para treino semanal de pouco mais de 31km foi uma voltinha bem potente, com um desnível acumulado de 771m. Mais um treininho e estamos em força para superar os montes da Beira Alta :)

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Treino para Beselga - 1 Junho 2008

Ontem (domingo) à tarde, fomos fazer mais um treino rolante de preparação para o passeio de Beselga. O percurso foram cerca de 40 km partindo de Albergaria > Frossos > Angeja > Cacia > Canelas > Albergaria. Não tirámos fotos, mas aqui fica o gráfico de altimetria:

Altimetria

Atenção que as inscrições são só até dia 5 de Junho. As fichas de incrição, altimetrias e toda a restante informação está em http://www.associacaobeselguense.pt. Entretanto a malta de Beselga colocou mais umas fotos no ForumBTT que ilustram bem o cenário que nos espera por terras da Beira Alta. Quem ainda não estava totalmente convencido a ir, de certeza que ficará com menos dúvidas :)

P.S: O nosso report da última Maratona de Beselga em Novembro de 2007 está aqui. Atentem nas últimas fotos!

Nocturno na Ribeira de Fráguas - 31 Maio 2008

A convite do nosso companheiro Manuel Araújo, foram 6 os aventureiros do BTT Albergaria (Pedro Cruz, João Cruz, João Paulo, Nuno, Frederico e o estreante Rui Leite) que se deslocaram até à Ribeira de Fráguas para uma incursão nocturna pelos trilhos circundantes a esta freguesia.

Galeria de Fotos

Eram cerca de 8:30 da noite quando partimos em direcção à Busturenga, onde na primeira subida da noite (embora ainda fosse de dia) o Nuno deixou cair a corrente da bike ao chão. Este incidente só vem dar razão à teoria do Álvaro que diz que a água e as lavagens só fazem mal à bike e dão cabo dos componentes. Problema resolvido seguimos em direcção ao Gavião, continuando por um trilho quase sem silvas até Rendo. Seguimos em sentido inverso algumas dezenas de metros pelo percurso do passeio realizado em 6 de Abril e subimos até ao Carvalhal, terra natal do Frederico, que nos fez uma mini visita guiada. Continuamos então por um trilho ao longo do Caima, do lado nascente da fábrica até ao Palhal, seguindo pelo eucalipto grande até Telhadela, onde aproveitámos a escadaria da igreja para um pequeno reforço.

Gráfico de Altimetria

Retemperadas as forças começamos a subir (e bem) em direcção à Serra da Escaiba, onde fomos encontrar o estradão que vem de Janardo até Telhadela. Esta descida bastante acidentada ainda provocou alguns calafrios ao nosso estreante Rui, que ainda por cima foi surpreendido no final por um vulto que saltou do pinhal escuro para o meio do trilho! Estávamos de novo já próximos de Telhadela quando decidimos voltar a subir o monte para fazermos a descida mais alucinante e divertida da noite até à Ribeira de Fráguas. Aqui atingi o meu record pessoal de velocidade à noite no mato: 56.1 km/h segundo o GPS!

Terminada a voltinha, a noite acabou em convívio no restaurante Fumeiro em Albergaria onde tivemos a merecida ceia com umas belas pizzas e as inevitáveis minis. Um agradecimento especial ao Manuel pelo convite. Ficou apalavrada ainda uma incursão nocturna às tasquinhas do Stº António em Estarreja. Vão pensando nisso! :)