terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Assalto ao Caramulo - a 2ª vaga 1 Dez 2009

Como é possível que num dia de chuva intensa dezenas de BTTistas dos mais variados locais (Vila Nova de Monsarros, Anadia, Canelas, Mortágua, Tondela, Albergaria, etc) surjam por entre o nevoeiro e chuva serra acima com o objectivo de conquistar o Caramulo?

Foi esse o desafio que me levou a perder algumas horas no Google Earth a traçar um percurso desde as Talhadas até Malhapão de Cima, para o convívio com outros grupos e reforço na tasca do Sr. Cardoso, subir ao Caramulinho e depois descer a serra pela encosta norte.
Galeria de Fotos
O grupo à partida constituído por Evaristo(eu), Norberto dos Rodinhas da Ribeira, Mário dos Lobos do Pedal, Fernando e restantes 5 elementos do BTT Gafanha da Nazaré.

Após um inicio algo conturbado, seguimos debaixo de chuva fraca pela rápida descida até ao Rio Alfusqueiro e depois de subir em alcatrão entrámos no caminho florestal até a aldeia de Arca. Até aqui nenhuma novidade, afinal eu e o Fernando tínhamos feito o reconhecimento no sábado passado, mas com a chuva o terreno estava bastante mais pesado.

Parámos em frente a igreja de Arca, e ai o Mário teve de fazer uma demorada intervenção no travão da frente, o que provocou o arrefecimento do grupo, e com o aumento da chuva o grupo da Gafanha sensatamente decidiu voltar para trás. Restaram 3 "malucos" que tinham metido na cabeça conquistar o Caramulo, e assim lá nos metemos ao caminho.

Começamos então a subir para Malhapão de Cima, e apesar da chuva sentimo-nos bem, o ritmo imposto foi suficiente para aquecer o corpo, excepto os pés que iam irremediavelmente molhados e gelados. Finalmente começamos a ver bicicletas e bettistas a convergir para um ponto, a tasca do Sr. Cardoso. Ai registava-se uma enorme confusão, pessoal a comer, a aquecer-se a lareira, alguns a trocar de roupa, eu inclusive. Foi com prazer que encontramos alguns velhos companheiros, nomeadamente os responsáveis por esta fantástica mobilização, o Hernâni dos Cagaréus e o António Faisca dos ArgarnaBTT.

Após algum tempo de convívio e reestabelecimento das energias com os pitéus locais, lá voltamos a equiparmo-nos para enfrentar o resto da serra. Subimos pelo estradão directamente para o Caramulinho, a serra defendia-se como podia, muito nevoeiro e algum vento, mas conseguimos atingir o nosso objectivo, após as fotos da praxe tiradas pelo pessoal de Águeda, seguimos pelo percurso norte. Foi ai que começou a chover intensamente, e os kms até a aldeia de Arca foram feitos com muito sacrifício.

Finalmente em Arca entrámos novamente na já conhecida estrada florestal, e foi sempre a rolar, o Mário teve de parar mais uma vez por causa do travão, mas depois de passarmos o Alfusqueiro em Destriz foi sempre a trepar até às Talhadas, subida muito longa e debaixo de chuva intensa. Foi com enorme alegria e satisfação que avistámos os carros e demos por terminada esta aventura.

Ficou hoje bem patente que este tipo de eventos "organizados" por pessoas que vivem intensamente o BTT arrasta multidões que apenas querem passar um dia de puro BTT, sem preocupação de classificações ou tempos, mas sim desafiar-se a si próprio, conviver e partilhar este espírito com outros.

6 comentários:

Hernâni disse...

Grande Evaristo e restante pelotão!
Foi um prazer encontrar-vos no "Assalto" ao caramulo, se pudesse pedalar tinha sido bem mais fixe para mim, mas foi bom ver as tropas a surgirem de diversos locais todas com o mesmo objectivo :)

Abraço!!

António disse...

Evaristo ao melhor nível. Parabéns por teres criado mais um ponto de assalto, e ainda por cima longe e complicado. Isto é valor.
Foi realmente fantástico, mas tb muito complicado levar todos até Malhapão. Problemas mecânicos e algumas falhas físicas complicaram a atrasaram a coisa...Mas chegámos.

Abraço

Anónimo disse...

parabens pela vossa perseverança e consumada conquista. ainda bem que retornei pois não conseguia chegar ao caramulo devido á transmissão que ficou completamente ko, para chegar ao carro foi um desespero.

foi de facto sensato da nossa parte ( tenrinhos da gafanha ) retornar e acredito que para vocês tenha sido um sacrificio grande.

parabens, abraço
fernando

Evaristo disse...

Pessoal, obrigado pelas palavras de incentivo, é mais uma motivação para no próximo ano continuar a pedalar nestes desafios com os amigos que se quiserem juntar.

Fernando, "tenrinhos" são aqueles que ficaram na caminha quentinhos, todo nós estamos de parabéns!

Abraço

Clube do Fitness disse...

Boas, antes de mais queria-te pedir desculpa pois "roubei" algumas fotos do teu Blog para o meu, depois quero-te dar os parabens pois é com pessoas como tu que o verdadeiro espirito do Btt pervalece.
Fiquei um pouco triste quando vi as fotos com o pessoal todo lá em cima mas penso que tomámos a opção certa e concerteza teremos outras oportunidades.
Um abraço, JP.

Rui Couto disse...

Boas!

É a primeira vez que comento no seu blog, mas já o sigo à algum tempo! Parabéns pelo verdadeiro espírito bttista e pelos belos percursos que faz.
Gostaria de pedir-lhe, se possível, que me disponibilize o ficheiro kmz para o google earth do assalto ao caramulo! Até Arca é fácil de encontrar o caminho. Depois de Arca até ao caramulinho, só encontro a estrada de alcatrão até Bezerreira, ou em alternativa, a subida pela mata em direcção às éolicas (preferia fazer este bocado a descer).
Abraço e boas pedaladas!



mecfilipe@hotmail.com