domingo, 27 de setembro de 2009

Escarpas de Suor 26 Set 2009

O sábado 26 de Setembro de 2009 ficou marcado na memória (e corpo) por mais uma jornada épica de BTT, numa organização fantástica dos amigos AngarnasBTT e Cagaréus, com os grandes Faisca e Hernâni a comandar as tropas.
Galeria de Fotos
O inicio do percurso foi rolante e por zonas já conhecidas dos 2 Raids do AngarnaBTT, os betetistas seguiam juntos, encontrei bastantes caras conhecidas de outras voltas, após o apeadeiro de Trezói (onde estavam os picas e as chouriças assadas?) começou o verdadeiro desafio, um sobe e desce ao longo do vale com o Buçaco a vista.

Cerca dos 40km encontrei o amigo Nuno Comand do Intercaima de Vale de Cambra a trocar o dropout, e estabelecemos uma dupla que iria durar até ao final. O percurso até Penacova foi algo duro, devido ao calor e a minha habitual quebra dos 60km, mas deu para recuperar com a paragem na tasca para almoçar. Nesta altura o pessoal que encontrávamos no pontos de paragem já eram sempre os mesmos, o companheiro Rui Algarvio (de Lisboa), o grupo do Remi e da Lena e mais alguns que não sei o nome.

Já sabia que sair de Penacova ia ser complicado, mesmo assim a subida em alcatrão até ao Penedo de Castro foi durissima, mas fomos premiados com uma vista espectacular sobre o rio Mondego. O estradão em planalto levou-nos muito rapidamente até Sernelha e Gavinhos, com os seus espectaculares moinhos de vento, pena o incêndio que andou na zona. Após a descida muito rápida para Portela da Oliveira, tivemos de enfrentar uma brutal subida até ao alto da serra.

Após o reforço e passagem em mais moinhos de vento, uma difícil descida antes do estradão que nos iria levar até à Cruz Alta, deu para meter a talega, mas o final foi bem difícil, com um sobe e desce constante. Foi apreciar a deslumbrante paisagem no miradouro da Cruz, e após os concelhos do amigo Hernani, fizemos a divertida descida pelas matas do Buçaco. Dai até Vila Nova de Monsarros foi gerir o esforço, onde chegamos cerca das 19h com 104km e 2713m de acumulado ascendente.

Uma vez mais quero agradecer a excelente recepção dos AngarnasBTT e Cagaréus, um muito obrigado por todo o trabalho e empenho que colocaram neste evento totalmente gratuito e que simboliza o verdadeiro espírito do BTT. O Nuno Comand foi um companheiro de jornada espectacular, o espírito de entreajuda foi essencial para ajudar a superar este desafio. Não tirei tantas fotos como o costume, fica aqui o link do registo.

Post edit: No domingo 27 fui esticar as pernas com os amigos Miguel e Viriato até Dornelas, depois foi sempre a abrir pela descida dos 10km até Telhadela e Albergaria, foram 41km e 800m de acumulado que se revelaram complicados para certas zonas do corpo ;), fica aqui o link com as fotos da volta.

sábado, 26 de setembro de 2009

BTT Women Power

Neste sábado lancei o desafio à Tat para se iniciar nas lides do BTT, e desta forma desfrutar as fantásticas paisagens do Vale do Vouga.

Às 10h arrancamos com o objectivo de percorrer a ciclovia, numa volta acessível a quem não tem treino. Começamos por descer Açores, onde a Tatiana pode relembrar o prazer das descidas e esquecer o último tralho.
Galeria de Fotos
Percorremos a ciclovia até Paredela num ritmo de passeio onde aproveitamos para apreciar a paisagem e pôr a conversa em dia. No regresso imprimimos um ritmo mais acelerado, onde cheguei a atingir os 45km/h (record em partes rolantes). Após 25km lá enfrentamos a subida de Sernada, o desafio final que a Tatiana superou com distinção!

Resumindo, uma manhã muito bem passada, com uma volta muito suave, que espero que se repita com mais pessoal, e traga mais elementos do sexo feminino para o BTT!

domingo, 20 de setembro de 2009

Serra do Ladário 20 Setembro 2009

A despedida do Verão não podia ser melhor, com o regresso à espectacular Serra do Ladário. A Kat acompanhou-nos até Paradela, depois segui com o Viriato ao longo da antiga linha do Vale do Vouga até Cedrim.
A calçada romana é sempre complicada de subir, foi necessário ultrapassar algumas dificuldades antes da bonita aldeia do Castêlo.
Galeria de Fotos
Já em plena Serra do Ladário, seguimos ao longo da encosta Norte por um caminho com paisagens fantásticas, avista-se todo o vale do Rio Vouga e a Serra do Arestal. Após mais um encontro imediato com cães de caçadores passámos na aldeia de Várzea, seguindo-se uma descida alucinante até a aldeia de Feira.

Fomos por alcatrão até às Talhadas e entrámos no percurso da eólica da Macida. Foi sempre a abrir pelo caminho da Alombada, no final registei 61km e 1110m de acumulado ascendente.

No próximo sábado vou estar presente em Vila Nova de Monsarros para o assalto ao Buçaco, percurso com 100km e 3000m de acumulado!

domingo, 13 de setembro de 2009

Cascata do Filveda e Minas do Braçal 13 Set 2009

Este domingo fui com a Kat e o Miguel até à cascata do Filveda, próximo de Dornelas. Percurso um pouco mais exigente do que a semana anterior, porque é necessário subir desde o Gavião até aos 5 caminhos e continuar a subir até à bonita aldeia de Bouças.
Galeria de Fotos
A espectacular cascata do Filveda continua com muita água e sempre verde, depois das fotos e reforço regressámos pelo mesmo percurso até aos 5 caminhos. Decidimos descer até às minas do Braçal, e foi ai que se revelou uma nova faceta da Kat, que se deslargou pela descida a grande velocidade, penso que a Giant Anthem deu uma ajudinha :)

Depois foi rolar pelo caminho da Foz do rio Mau e subir até Albergaria por Açores, subida do agrado do Miguel, mas nem por isso da Kat, que já vinha em dificuldades, devido aos 45km e 900m de acumulado. Foi uma volta de puro e duro BTT com muito divertimento e adrenalina nas descidas, no próximo domingo será mais rolante, provavelmente com passagem no Alfusqueiro.

domingo, 6 de setembro de 2009

Cabreia e Minas do Braçal 6 Set 2009

Mais um domingo fantástico para a prática do BTT, fui com a Kat e o Viriato subir o Gavião até aos 5 caminhos, seguimos por alcatrão até à queda de água da Cabreia, depois foi sempre a rolar até às minas do Braçal e foz do rio Mau.
Galeria de Fotos
A Kat continua motivada em pedalar, hoje o empeno foi maior, porque a subida do Gavião faz mossa, são 5.5km muito progressivos mas sempre a subir. Registei no final da volta 43km e 690m de acumulado ascendente.

Durante o percurso cruzamos-nos várias vezes com o Álvaro Rui e restante pessoal, pelo caminho fui pondo a conversa e treinos em dia com o Viriato. No próximo sábado vai ser mais uma volta com a bike de estrada e no domingo BTT, com a Kat a subir de forma ;)