domingo, 26 de dezembro de 2010

Volta ao Caima 26 Dez 2010

Depois das Festas Natalícias o domingo foi para queimar algumas calorias e explorar caminhos ao longo das margens do Rio Caima.

Fui com os amigos Viriato e Norberto pela Sra. do Socorro até Palmaz, depois de atravessar o rio subimos até Nespereira e continuamos a trepar até ao corte para a descida super radical para a bonita aldeia de Felgueira.
Galeria de Fotos
Após a travessia de uma ribeira seguimos ao longo do rio por um estradão rápido até Telhadela. O regresso foi pelo caminho do "eucalipto grande" novamente pela Sra. do Socorro.

Foi uma excelente manhã de BTT e convívio, apesar do frio intenso fizemos umas "subiditas" boas para aquecer, no final foram 40.5km e 980m de acumulado ascendente.

domingo, 19 de dezembro de 2010

BOM NATAL e ANO NOVO

Em meu nome e da minha família quero deixar aqui os votos de um feliz Natal e próspero Ano Novo cheio de saúde e alegria a todos os amigos e companheiros de pedaladas.
Bom Natal
O Gabriel e a Ana têm agora 5meses e meio, as voltas de bike foram menos este ano, mas eles merecem toda a atenção do mundo :)
Brevemente coloco aqui o vídeo do resumo de 2010.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Video - Passeio do Bifinho 2010

domingo, 12 de dezembro de 2010

Passeio do Bifinho 12 Dez 2010

A convite do amigo José Carlos da JC Bikes participei este domingo no "Passeio do Bifinho 2010".
Ás 9h45 deu-se a partida dos 40 betetistas para uma volta de 37km e 630m de acumulado que passou na casa do guarda de VN Fusos, descida da capela ardida, Minas do Braçal e caminho da Foz do Rio Mau.
Galeria de Fotos
Foi uma manhã de convívio salutar, a nova descida da capela é muito rápida e o final muito técnico e perigoso, que o diga o Ramalheira que na ausência do seu disciplino deu show ;)
Se tiver disponibilidade nos próximos dias coloco aqui um vídeo das filmagens que fiz do passeio.
No próximo domingo a voltinha será por Albergaria, no ponto encontro habitual às 9h.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Serra do Arestal 8 Dezembro 2010

Depois de uns dias de chuva intensa aproveitamos o feriado para ir até a Serra do Arestal, são cerca de 17km desde o Gavião até lá praticamente sempre a subir até a altitude de 830m.
Galeria de Fotos
No regresso os caminhos estavam cheios de água, principalmente até à bonita aldeia de Rio Bom, foi sempre a abrir até Dornelas e depois até aos 5 caminhos onde seguimos pela descida "maluca", ou como alguém disse malucos são é vocês :)

No final contabilizei 45km e 1174m de acumulado ascendente. No próximo domingo é para alinhar no passeio informal da JC Bikes, arranque às 9h em frente à Cristal.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Video - Assalto ao Caramulo 2010

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

AlbergasBTT no Assalto ao Caramulo 1 Dez 2010

O "Assalto ao Caramulo" vai na 3ª edição e pelo 2º ano consecutivo o AlbergasBTT desafiou todos os amigos e companheiros do pedal para um dia de puro e duro BTT.

O ponto de partida por questões logísticas foi mais uma vez nas Talhadas, à partida foram distribuídos 24 dorsais e não sei porquê o Nuno Command ficou com o nº 69 :).

Apareceram à chamada variados grupos da zona; Intercaima de Vale de Cambra, SBK de Albergaria, Jaiste de Estarreja, pessoal de Oliveira de Azeméis, Gafanha da Nazaré, entre outros companheiros.
Galeria de Fotos
A descida da aldeia de Frágua obrigou a alguma improvisação, mas depois
foi sempre a rolar ao longo do rio Alfusqueiro até à mini hídrica de Cortez. Após a subida em alcatrão entramos no caminho florestal até Arca, excelente troço com 10km sempre a subir de uma forma mais ou menos suave e com paisagens muito bonitas.

Em Arca fizemos o reforço no café "Espírito Santo", logo ali o pessoal sacou dos enchidos e da broa :) Entretanto alguns elementos do grupo avançado já tinham seguido, o grosso do pelotão juntou-se para a investida ao parque eólico do Caramulo.

Após a aldeia de Monteteso foi tempo de ver quem era duro :), a subida pelo espectacular bosque estava carregada de neve, os caminhos completamente brancos até ao ponto mais alto da serra. Cruzamo-nos nessa altura com pessoal de São Pedro do Sul. Após o deslumbre da paisagem e brincadeiras na neve foi descer pelos rápidos caminhos ao longo das eólicas.
Galeria de Fotos
Após a descida aconteceu o equivoco do dia, voltei para trás com um amigo do Intercaima porque tinham ficado 2 elementos, mas afinal não eram do nosso grupo, um deles tinha um equipamento exactamente igual, vê-se na foto acima com o impermeável amarelo.

Entretanto o pessoal tinha seguido para o Caramulinho e nós seguimos a grande velocidade, o tempo estava a piorar, parámos apenas para tirar uma foto e 2 dedos de conversa com o amigo Hernani dos Cagaréus, um dos mentores deste extraordinário evento espontâneo.

Descemos pelo estradão muito enlameado para Malhapão de Cima, onde encontrámos o resto do grupo a retemperar forças e a aquecer-se. Foi cumprimentar o outro mentor do evento, o António Faisca, assinar o livro de honra e toca a andar, porque a jornada de regresso era longa.

O caminho de regresso até a aldeia de Teixo já era meu conhecido do assalto do ano passado, mas feito ao contrario, esta zona da serra é muito bonita também. Depois da ligação por alcatrão até Dornas entramos novamente no monte, e logo com uma subida de empedrado que metia respeito. O Nuno Command ia inconsolável, afinal as meninas da Red Bull tinham-se perdido e não tinham chegado a tempo a Malhapão.

Gostei especialmente deste percurso de serra até São João do Monte, teve umas subidas potentes, mas a paisagem do Carumulo ao longe era fantástica. Após uns telefonemas combinou-se outro ponto de encontro com as meninas da famosa bebida (ou será equipa de F1?) e na descida para São João do Monte parecia que o pessoal tinha asas :)

Finalmente ao subir para Arca tivemos o tão almejado encontro e reforço, e após as inúmeras fotos lá tivemos de deixar ir as raparigas que se fazia tarde e estava a escurecer. Entrámos novamente no caminho florestal e o pessoal foi literalmente a voar até Destriz. Após atravessar o rio Alfusqueiro veio a longa subida para as Talhadas, com umas paragens pelo meio para alguns comerem tudo o que estava pendurado nas árvores, uvas, dióspiros e mais houvesse :)

Chegamos às Talhadas perto das 18h, já era de noite mas apesar do cansaço, a satisfação por termos conseguido cumprir o objectivo e passar um dia extraordinário de BTT era geral. Contabilizei 83km e 2228m de acumulado ascendente, de realçar a prestação do Bruno de Estarreja com 14 anos cumpriu todo o percurso com enorme valentia!

Um muito obrigado a todos os que aceitaram o convite do AlbergasBTT, é muito bom fazer novos amigos e encontrar pessoal que encara o BTT desta maneira, fiquem atentos ao próximo desafio que certamente será por altura do Carnaval de 2011.

domingo, 28 de novembro de 2010

Sra. Socorro e VN Fusos 28 Nov 2010

De regresso aos treinos por Albergaria aos domingos, no ponto de encontro habitual em frente ao cinema às 9h.
Foi uma volta muito divertida com muitas descidas radicais e umas boas subidas, como tínhamos de estar cedo em Albergaria fizemos apenas 33km e 900m de acumulado ascendente.
Galeria de Fotos
Na próxima quarta feira dia 1 Dezembro é o Assalto ao Caramulo, a partida e chegada é nas Talhadas, arranque impreterível às 8h, mais uma vez as condições meteorológicas não vão ser as melhores, relembro aos interessados que é em AUTONOMIA TOTAL.

domingo, 21 de novembro de 2010

Chuva ou SOL? Cascata do Filveda 21 Nov

O domingo acordou chuvoso e ás 9h não estava nada agradável para uma saída de BTT. Esperei calmamente até às 9h35 e valeu bem a pena porque o resto da manhã esteve excelente, inclusive com muito sol.
A volta foi até à Cascata do Filveda pelo acesso inferior, depois de subir os 5 caminhos e passar na aldeia de Bouças.
Galeria de Fotos
O caminho estava bastante degradado e o acesso cheio de vegetação, antes da avistar a cascata já se podia ouvir o barulho ensurdecedor da água a cair. Após as fotos e reforço fiz a subida da margem direita do Filveda até às rápidas descidas que me levaram a Telhadela.

Penso que foi a 1ª vez que fiz o chamado caminho do eucalipto grande (ardido) ao contrário, ao longo do rio Caima até à Sra. do Socorro. No total foram 39km e 950m de acumulado.

Entretanto já enviei aos interessados no Assalto ao Caramulo 2010 o email com o percurso e informações complementares, o arranque é nas Talhadas às 8h do dia 1 Dezembro e quem quiser aparecer e se sentir preparado para um desafio destes é bem vindo!

domingo, 14 de novembro de 2010

Maratona de Beselga 14 Nov 2010

É sempre um enorme prazer voltar a Beselga, ainda mais para participar na 6ª edição da Maratona "Nos Trilhos do Ceireiro" organizada pelos amigos da Associação Humanitária e Cultural de Beselga.
Galeria de Fotos
Mais uma vez Beselga brindou-nos com trilhos e paisagens espectaculares, o percurso da meia maratona exigente com passagem obrigatória nas eólicas e pelos caminhos ladeados pelos folhas dos castanheiros a dar cor a paisagem outonal.

No final a habitual confraternização com o banquete no exterior, foi um prazer rever todos os amigos presentes, ficou a promessa de regressar a Beselga em 2011.

domingo, 7 de novembro de 2010

Convite - Assalto ao Caramulo 1 Dez 2010

Realiza-se pelo 3º ano o Assalto ao Caramulo, trata-se de uma iniciativa lançada em 2008 pelo amigos António Faisca do AngarnaBTT e Hernani dos Cagaréus em que diversos grupos de diferentes origens no dia 1 de Dezembro convergem para o ataque ao Caramulinho.
AlbergasBTT@Caramulo
Tal como no ano passado o AlbergasBTT vai lançar o seu "ataque" a partir das Talhadas, ponto de encontro nos estacionamentos do centro da localidade, partida em ponto às 8h.

São 74km de percurso em estradão de terra batida e algum alcatrão, cerca de 2000m de acumulado ascendente. A dificuldade física é elevada mas tecnicamente fácil, as condições climatéricas poderão dificultar e muito a jornada.

Fica aqui o convite para quem quiser alinhar, basta enviar um email para albergasbtt@gmail.com a manifestar a vontade de participar. Será fornecido o track GPS por email no dia 21 Novembro assim como algumas informações complementares.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Ladário - Os 6 empenos 1 Nov 2010

Depois de 1 mês de paragem "técnica" voltei aos treinos de bike com o Pedro Miguel numa incursão à serra do Ladário.
Galeria de Fotos
Como se diz na giria do BTT o 1º empeno foi na subida após a capela de Cedrim, seguido logo do 2º na difícil calçada romana. Continuamos a subir até à aldeia do Castelo e após um breve reforço foi subir ao longo da zona de treino de caça, felizmente os caçadores
também estavam a a fazer um reforço, a garrafa de jeropiga ia meia, cheia ou vazia não sei:).

Decidimos continuar até à casa do guarda, e antes do 5º empeno passamos ao longo dos castanheiros que davam um tom espectacular a paisagem, para além da frescura das chuvas recentes.

Finalmente chegamos a estrada de alcatrão e antes de descer para Lameiro Longo fomos registar as fotos da praxe no marco geodésico da serra. Depois foi sempre a abrir até a zona industrial de Cedrim, os caminhos do Ladário continuam muito duros, cheios de regos e pedras, foi excelente treinar a técnica e sentir a adrenalina nas descidas.

O caminho da Alombada foi feito em ritmo médio e na subida de Sernada gastamos as ultimas energias, numa volta de 56km que foi um bom treino para a maratona de Beselga no dia 14.

Este ano vamos repetir o Assalto ao Caramulo no dia 1 de Dezembro, tal como no ano passado a partida vai ser das Talhadas, mais novidades daqui a alguns dias.

domingo, 24 de outubro de 2010

Regresso da Kat 23 Out 2010

Foi com muita alegria que hoje acompanhei a Kat no seu regresso às voltas de bicicleta passado 1 ano de paragem, como sabem devido ao nascimento dos nossos lindos gémeos a 3 de Julho.
Galeria de Fotos
A Kat fez a ciclovia desde a Foz até Paradela e voltou, eu orgulhosamente passeei os nossos rebentos numa caminhada que soube muito bem, para a semana espero regressar às voltas de bike.

domingo, 26 de setembro de 2010

Passeio das Colheitas - Arouca 25 Set 2010

Galeria de Fotos

domingo, 19 de setembro de 2010

Garganta do Rio Marnel 19 Set 2010

Volta domingueira a fazer lembrar os "velhos" tempos, fomos 15 betetistas a fazer cerca de 35km e 600m de acumulado por Carvoeiro, Chãs, Salgueiro, a sempre espectacular garganta do rio Marnel, Valongo do Vouga, Macinhata, Sernada e finalmente Albergaria.
Galeria de Fotos
Que venham mais voltas como esta, Albergaria é uma terra demasiado pequena para haver tantos grupos dispersos a praticar o BTT que tanto gostamos.

domingo, 12 de setembro de 2010

Albergaria-Caramulo 11 Set 2010

Mais uma fantástica aventura, convívio espectacular, espírito de sacrifício e entre-ajuda, este é o resumo de um dia inesquecível na companhia de verdadeiros amantes de BTT ao longo de 110km.
Galeria de Fotos
Foi um percurso de ida bastante duro, subidas pouco íngremes mas sem zonas de descanso, ao chegar a Arca o pessoal das "minies" fez uma paragem técnica, foi tempo de repor os líquidos para o ataque ao parque eólico do Caramulo, com uma "subidita" :) final muito inclinada no meio de um bosque muito verde.

Finalmente pudemos desfrutar o esplendor da paisagem da Serra do Caramulo, depois foi sempre a abrir até Malhapão de Cima, onde fomos muito bem recebidos na tasca do Sr. Cardoso. Depois de darmos cabo de um travessa de pica pau arrancámos a custo ao longo do percurso das eólicas até ao corte para a famosa descida dos 10km até Belazaima do Chão. Foi com um enorme sorriso que chegamos ao fim da descida, não conheço outra igual aqui na zona!

Depois foi rolar até Águeda e Albergaria-a-Velha, onde chegámos às 18h45. Após a foto da praxe e 2 dedos de conversa foi tempo de dizer até uma próxima, ficou prometido o "Assalto ao Caramulinho" no dia 1 de Dezembro, esperemos que não chova como no ano passado!

Um obrigado aos companheiros que me acompanharam nesta aventura, como tinha dito anteriormente foi com este desafio que ficaram assinalados os 3 anos de existência deste blog!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

CONVITE - CARAMULO 11 Setembro 2010

Para assinalar o 3º ano do blog AlbergasBTT fica aqui o convite para mais um grande desafio, uma travessia Albergaria-Caramulo-Albergaria com um total de 115km e 3000m de acumulado.
AlbergasBTT@Freita
O arranque é em frente ao cine-teatro de Albergaria-a-Velha às 8h em ponto do dia 11 de Setembro, e vai ser um passeio em autonomia total com chegada prevista ao fim do dia. A dificuldade física vai ser elevada mas tecnicamente
fácil.

Quem quiser participar é enviar um email para o albergasbtt@gmail.com que posteriormente serão fornecidos mais elementos, incluindo o track GPS.

domingo, 15 de agosto de 2010

Freita a Ferro e Fogo 14 Agosto 2010

Convidei um grupo de amigos para fazer um raid pela Serra da Freita e Serra da Gravia, mas quando acordei as 5h30 da manhã fui espreitar o céu vi o sol a nascer por baixo de nuvens negras de cinza na direcção que pretendíamos seguir fiquei algo apreensivo.

Como não somos malta que desiste à 1ª adversidade decidimos avançar e ir tomando decisões conforme a situação no terreno. Logo no Gavião o Humberto teve de reparar um furo, a meio da subida tive de voltar a descer para ir buscar os óculos que tinham caído, mas depois seguimos a bom ritmo até à Sra. da Saúde, onde tivemos o 1º contacto com o fogo junto a umas casas. Foi espectacular ver a eficiência da intervenção de uma equipa helitransportada que rapidamente apagou o inicio de incêndio.
Galeria de Fotos
O caminho até Felgueira foi o habitual, mas o fogo já tinha passado por algumas zonas, não é agradável pedalar com tudo negro a volta. Fumo negro era o que se via ao longe na serra da Freita, com um incêndio activo no alto da encosta que queríamos subir. A opção de subir por estrada era inviável, com o abrandamento do vento e intervenção de 2 Canadairs optamos pela habitual subida dos calhaus, a prova de fogo do Humberto :)

Sem percalços chegamos à vista da espectacular cascata da Frecha da Mizarela e até a própria encosta da cascata estava a arder! Sem mais demoras pedalamos até ao restaurante do parque de campismo do Merujal onde mais um vez fomos excelentemente atendidos. Para o almoço veio o Zé Carlos, o Zé "Preto" e o João Paulo para fazer a parte da tarde do percurso.

Depois do repasto foi pedalar a custo por Albergaria da Serra em direcção a Gestoso por caminhos muito técnicos cheios de pedra e com a paisagem da espectacular Freita ensombrada por algum fumo. O nosso track
infelizmente encontrou um fogo activo, tivemos de adiar aquela que será uma descida muito radical até Lomba e Carregal, e assim deslizamos a velocidades alucinantes por alcatrão até Manhouce.

O objectivo era percorrer o planalto da Serra da Gravia, mas os famigerados incêndios tinham tornado a paisagem completamente negra, pelo que optamos seguir até à N227 por alcatrão. Foi então que veio a surpresa do dia, uma longa descida em terra passando na aldeia de Paradela até ao rio Vouga, para atravessarmos a famosa ponte de chapa suspensa. Qual Indiana Jones e com mais ou menos dificuldades todos atravessaram :) O pior foi depois, sair daquele buraco cheio de silvas e com vedações e portões.

Já no alcatrão subimos até Oliveira de Frades e após a paragem para reforço na pastelaria do costume entrámos no percurso da antiga linha do vale do Vouga para os 40km finais até Albergaria.

Não é agradável pedalar com os fogos por perto e no meio de floresta queimada, é triste ver o nosso património florestal e paisagístico ser delapidado desta forma, espero que futuramente o país tenha coragem e vontade para olhar para a floresta de outra forma.

Foi um dia em cheio de BTT, muita emoção e aventura, grande convivo e entreajuda, contabilizei 114km 2300m de acumulado ascendente, chegamos a Albergaria ao anoitecer e pessoalmente com um grande empeno. Um obrigado aos amigos que alinharam nesta aventura (Nuno, Fernando, Norberto, Humberto e João Paulo), venha agora o Caramulo!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

O futuro... 3 Julho 2010

No dia 3 de Julho a Catarina e eu fomos pais da Ana Carmo e do Gabriel, os gémeos mais lindos do mundo :)

A mãe e as crianças estão bem de saúde, agora é dar muita papa para termos futuros campeões de BTT.
Ana Carmo e Gabriel
As voltas de bike vão ter um raio de acção mais curto, mas é por uma boa causa, o passeio domingueiro às 8h30 vai continuar sempre que seja possível.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Cascatas do Filveda e Cabreia 5 Julho 2010

Este domingo o meu afilhado Pedro Miguel participou na prova do Vale do Vouga com o meu dorsal e cumpriu o percurso da meia-maratona com grande força e determinação. Eu ando envolvido noutra maratona que oportunamente darei conta :)
Galeria de Fotos

No dia 5 de Julho fizemos o percurso das cascatas do Filveda e Cabreia, o caminho da Foz do Rio Mau foi debaixo de um sol tórrido e 40º de temperatura. Apesar do calor foi uma volta impecável, 43km e 850m de acumulado ascendente em 3h30 a pedalar, só faltou o mergulho na cascata, ficou para uma próxima...

domingo, 20 de junho de 2010

Ladário II - O regresso 20 Jun 2010

Regresso ao Ladário com os amigos Pedro Fonseca e Fernando Gonçalves, partida em Paradela às 8h30 e objectivo de desbravar caminhos que tinham ficado por explorar na semana passada e no final curtir os fantásticos singles da Serra.
Galeria de Fotos
Finalmente conseguimos transpor o vale da encosta sul depois de muita esfoliação provocada por silvas e tojos atravessámos a espectacular ribeira, apetecia ficar ali o dia inteiro, mas ainda nos esperava uma potente subida até à Sra. da Serra.

Regressámos ao inicio da serra passando por Arcas e Lameiro Longo, para entrar nos single-tracks pelo meio da floresta, sem duvida muita adrenalina, nas partes complicadas foi preciso desmontar mas mesmo assim muito divertido.
Galeria de Fotos
O final da volta foi pela antiga linha do Vale do Vouga, as muitas silvas e a velocidade lá fizeram mais umas tatuagens nos braços. Foram cerca de 40km muito técnicos e com valentes subidas,
não é fácil andar a descobrir caminhos onde não passa ninguém a anos, manhã de grande camaradagem, espírito de sacrifício e aventura.

domingo, 13 de junho de 2010

Enduro no Ladário 13 Jun 2010

Dia de sol e partida às 8h30 para mais uma investida à Serra do Ladário com o Pedro Fonseca, com o objectivo de explorar mais uns caminhos desta excelente serra aqui tão perto.
Galeria de Fotos
Até ao marco geodésico da serra nada de novo, foi sempre a subir forte, depois veio a radical descida, o inicio
já conhecia da maratona das Maias, tem muita pedra solta propicia a quedas, mas que deu muito gozo descer.

Ficaram mais uma vez na retina os single-tracks escavados na rocha da encosta oposta, a explorar em breve. A descida até Benfeitas foi sempre a abrir, reabastecemos no café Necas, e depois foi sempre a puxar até as Talhadas para finalmente fazer a descida da eólica e caminho da Alombada.

Volta muito potente, não houve registo de GPS por falta de bateria e nem de quilometragem porque o Pedro largou peças na descida :), mas foram mais de 60km que deu para tirar umas fotos porreiras, conviver e curtir umas descidas radicais.

No feriado 10 de Junho a volta foi com o Humberto, fomos a explorar a margem esquerda do Rio Mau porque um dia destes nasce a ciclo via no "nosso" caminho da margem direita, e digamos que foi um belo empeno, subidas que mais pareciam escalada, descidas a pique, ainda não foi desta que surgiu a alternativa...fotos aqui.

domingo, 6 de junho de 2010

Alombada, Minas do Braçal, 5 Caminhos 6 Jun 2010

Fui com o amigo Pedro Fonseca fazer uma volta pelo caminho da Alombada, Ciclo-Via, Minas do Braçal, 5 Caminhos e Albergaria, numa manhã de sol excelente para a prática do BTT.
Galeria de Fotos
Na subida da Alombada o Pedro partiu a corrente e teve que meter mãos na massa, bem preta por sinal :), na descida dos castanheiros numa zona técnica teve uma pequena queda, mas nada de grave, foram os pedais de encaixe a fazer das suas.

Passámos nas Minas do Braçal, subimos o trilho dos calhaus até aos 5 caminhos e fomos pela minha descida favorita ao longo do vale até à Busturenga. Depois foi o regresso a Albergaria por estrada num total de 50km e 895m de acumulado ascendente, apesar dos ligeiros percalços reinou sempre a boa disposição e vontade de pedalar.

domingo, 30 de maio de 2010

Eolica, Alfusqueiro e Marnel

Terminada a minha "época" de maratonas recomecei com as voltas às 8h30 no ponto de encontro habitual em frente ao cinema, desta feita com o amigo Fernando.
Galeria de Fotos
Como o Fernando não conhecia a descida do Ventoso para o rio Alfusqueiro foi esse o destino, com passagem na Eólica de Doninhas e pela espectacular aldeia de Seixo, com os caminhos a fazer jus ao nome tal foi a calhoada que levei numa canela.

Os singles tracks da pista estão intratáveis com pedras muito aguçadas e soltas, mas é uma enorme adrenalina fazer a descida e no final ser presenteado com a travessia do Rio Alfusqueiro que vai bastante vazio e com obras de requalificação das margens.

Depois de subir a Á-dos-Ferreiros seguimos para a bonita garganta do Rio Marnel sempre muito verde e super divertida de fazer. O final foi ao longo do Rio Vouga pela margem direita até Sernada.

Foram 54km e 1120m de acumulado ascendente na excelente companhia do Fernando, a minha forma física não permitiu um ritmo elevado mas foi uma manhã muito bem passada. Espero dar uma volta de estrada na próxima quinta feira de manhã.

domingo, 23 de maio de 2010

Rotas do Marão 23 Maio 2010

"Para lá do Marão mandam os que lá estão" é assim o ditado popular que simboliza e de que maneira a dureza e isolamento daquelas serras e gentes.

O José Carlos do Aventura Marão Clube desafiou-me a participar na maratona e como sempre quis conhecer o Marão fui com o meu afilhado Pedro Miguel enfrentar as impressionantes serras e o calor abrasador que se fez sentir.
Galeria de Fotos
A entrega dos dorsais foi rápida, partida a horas e depois da volta à bonita cidade de Amarante foram logo 5km de subida íngreme em alcatrão. Aos 15km depois de uma incursão por um caminho mais técnico deu-se a separação da maratona da meia. Comecei então a minha cruzada solitária serra acima por estradões rápidos. O 1º reforço juntou novamente as duas provas para logo a seguir se separarem e foi continuar a subir já no "verdadeiro" Marão.

Depois de cruzar o IP4 veio a parte do percurso que
mais gostei, uma paisagem rochosa impressionante pintada de cores muito vivas das flores primaveris. Até ao km45 foi sempre a subir, finalmente comecei a descer até parar no 2º reforço cerca do km52 e apenas com 1400m de acumulado. A partir daí o percurso foi muito duro, com uma sucessão de subidas e descidas curtas, muitos single-tracks, muito calor, nessa parte mais difícil tive a preciosa ajuda e apoio de um companheiro do Porto, e foi com dificuldade mas muita alegria que cruzei a meta.

Gostei da organização, esteve bem nos reforços e apoio ao longo do percurso, o almoço estava bom e em quantidade, devem rever o posicionamento de algumas fitas que estavam em zonas escondidas nos cortes, assim como a dureza final do percurso. Contabilizei 78.8km e 2114m de acumulado ascendente. De realçar a simpatia da organização, as meninas do ultimo controlo deram-me os parabéns por ter conseguido terminar a prova!

De realçar a prestação do Pedro Miguel, um quase estreante nestas andanças do BTT, mas que conseguiu completar a meia maratona sem registo de incidentes, agora é preciso continuar a treinar.

domingo, 16 de maio de 2010

Serra do Ladário 16 Maio 2010

Regresso à espectacular Serra do Ladário, encontro em frente ao cinema as 8h25 com o Humberto e seguimos rapidamente para Sernada onde já estavam prontos para arrancar o Pedro da Guarda, o Kemp e os colegas.

Já em Carvoeiro encontrámos o Fausto e seguimos todos pela ciclo via até Paradela e depois pela antiga linha até Cedrim. Alguns já conheciam a calçada romana e desmontaram logo ali, o companheiro mais jovem tentou subir e quase que surpreendeu!
Galeria de Fotos
Como tínhamos horas contadas não parámos na aldeia do Castelo, em vez disso seguimos para a zona da casa do guarda do Ladário. Devido a um engano fizemos a encosta norte da serra, tem paisagens fantásticas sobre o vale do Vouga e as serras do Arestal, Freita e Farves.

Após a aldeia de Várzea foi o desafio do dia, uma subida super íngreme em alcatrão até à albufeira da Vessada do Salgueiro. O pessoal foi tirar uma fotos ao marco geodésico e depois foi sempre a abrir passando em Lameiro Longo para logo entrar nas potentes descidas até à zona industrial de Cedrim.

O caminho de Alombada já era conhecido de toda a gente, foi sempre a rolar até Sernada, e no meu caso e do Humberto até Albergaria num total de 60km e 1218m de acumulado.

Foi uma manhã muito bem passada na companhia de malta que tem prazer de pedalar e de novos desafios, fica a promessa de um nocturno assim que se proporcionar. No próximo domingo vou pedalar até ao Marão.

domingo, 9 de maio de 2010

Eólica 9 Maio 2010

Adiada a participação em Idanha-a-Nova para 2011 e apesar da chuva que ameaçava cair às 9h fui ter com o Humberto ao ponto de encontro habitual em frente ao cinema. Em Carvoeiro encontrámos o Álvaro Rui e o Fausto e seguimos juntos até à eólica de Doninhas.
Galeria de Fotos
Arranjaram o caminho no corte para a eólica antes da ponte da ribeira da Alombada, agora é muito mais fácil de subir mas
certamente perdeu aquela adrenalina que dava ao descer num dos poucos caminhos técnicos que temos na zona.

Após o reforço junto ao túnel iniciamos a ultima parte da subida para a eólica e foi quando o Álvaro partiu a corrente e mesmo parado conseguiu furar :) .Conclusão, lá esteve o porta aviões virado ao contrário por 2x.

A descida da eólica foi por um caminho ao longo da A25, era parte do track que levava,
em estradões muito rápidos. Regressamos depois pela casa do guarda e caminho da Alombada. Foram 39km e 850m de acumulado, falta agora experimentar subir até a eólica pela descida de hoje...

sábado, 1 de maio de 2010

Idade da Pedra - Vermoil 1 Maio 2010

Mais uma vez participei no desafio do BTTralhos este ano chamado "A Idade da Pedra" na excelente companhia do amigo Fernando Gonçalves nos 110km e quase 3000m de acumulado ascendente.
Galeria de Fotos
A expectativa era grande, a organização deste evento gratuito tinha avisado que este ano o percurso era mais técnico e como o nome indicava com muita pedra. Após o briefing o arranque foi cerca das 8h50, o tempo estava nublado e ameaçava chuva. Os 1ºs km foram ao longo da linha do Norte antes de entramos no monte e logo com uma subida íngreme que engarrafou com os cerca de 150 participantes.

Começaram então os single tracks muito escorregadios a exigir grande atenção. Após atravessarmos o IC8 entrámos na Serra do Sicó e subimos até às eólicas. Até à aldeia de Poios o percurso era conhecido do ano passado, realce para o bonito vale com o mesmo nome. Com vista para a Capela da Sra. da Estrela continuamos por montes e vales até à Capela de S. António de Degracia, local com decoração estranha.

Depois de passar as eólicas da Serra do Rabaçal foi sempre a abrir até às espectaculares Buracas do Casmilo, na minha opinião o ponto "alto" deste desafio, o vale onde se situam é das zonas mais bonitas de Portugal.

O single track antes da aldeia de Ordem foi dos melhores, muito perigoso devido à proximidade da ribanceira, mas super divertido. Depois foi pedalar até ao Rabaçal para o merecido almoço decorridos "apenas" 46km muito duros. Após a bela sopa e chanfana, pensava eu que seria rolar até Ansião, puro engano, tivemos de contornar o castelo do Rabaçal situado no monte Germanelo.

Em Ansião as forças já eram poucas mas foi decidido continuar o track até ao fim, a destacar o percurso já conhecido da maratona de Abiul ao longo do rio Nabão, e os inumeros single tracks, assim como um sobe e desce final duro.

No final tivemos direito a um reconfortante banho quente e um lanche de pizza. Quero agradecer aos BTTralhos pelo excelente desafio que nos proporcionaram, percurso duro e técnico mas que deu imenso prazer fazer. Ao Fernando um obrigado pela companhia, paciência em aturar as minhas queixas :), não me apresentei na melhor forma física, mas foi prova superada para ambos. Venha o próximo! Fica aqui o link com as fotos.

sábado, 24 de abril de 2010

Rota das Adegas - Cantanhade 24 Abril 2010

Participei pela 1ª vez na Rota da Adegas em Cantanhede passeio organizado pelo grupo Urva Bike Team.
Tratou-se de uma passeio guiado de 20km com paragens em 2 adegas para degustar os petiscos típicos da zona e provar os nectares que ai se produzem. Os restantes 15km foram de andamento livre com uns single tracks muito porreiros.
Galeria de Fotos
No final foram os banhos e um verdadeiro banquete de leitão à Bairrada. Foi um prazer encontrar muita malta de Albergaria, da Tocha, etc. Um abraço especial ao João "Kabazuc" dos Bike4nyc8 e para o(a) betetista que ai vem.

domingo, 18 de abril de 2010

Cascata da Filveda - ZEN 18 Abril 2010

Na impossibilidade de pedalar na parte da manhã arranquei depois de almoço para uma volta de bike até à cascata da Filveda, na minha opinião um dos locais mais bonitos da região.
Galeria de Fotos
Foi um passeio feito em ritmo calmo, comecei por explorar uns caminhos junto margem esquerda do Caima e
depois segui para o Gavião. A meio da subida para os 5 caminhos decidi inventar e meti pela subida do "Gavião do meio", e bem que me arrependi...

Depois de passar pela aldeia de Bouças cheguei a espectacular cascata da Filveda, local muito verde onde apenas se houve o barulho da cascata que corre com grande força devido as ultimas chuvas. De regresso aos 5 caminhos desci para as minas do Braçal, tive o contratempo do dia com um furo e rasgo do pneu, mas tudo se resolveu.

No caminho da Foz do Rio Mau deparei-me com uma situação insólita, "plantaram" dezenas de placas à beira do caminho com os dizeres de "Concessão de pesca desportiva". Muitas das placas estão a 5, 10 metros umas das outras, é um enorme impacto visual para quem percorre aquele caminho, qual será o interesse com tamanha aberração?

Foram 45km e 900m de acumulado numa excelente tarde de BTT, no próximo sábado vai ser o passeio em Cantanhede, domingo se estiver bom tempo uma volta de estrada.

domingo, 11 de abril de 2010

Raid do BTT Arneiros 11 Abril 2010

Este domingo mudei de ares e fui pedalar em Arneiros, concelho de Torres Vedras, no Raid dos Saloios organizado pelo grupo BTT Arneiros.
Galeria de Fotos
A entrega dos dorsais não foi muito demorada, a partida quase a horas, marcações do percurso muito boas, pessoal da organização nos cruzamentos, o necessário para que uma prova de BTT corra bem. O reforço aos 20km bastante bom, até apoio mecânico tinha, no final a chegada à meta estava algo confusa.

Quanto ao percurso, paisagens muito bonitas principalmente na 1ª parte, um sobe e desce constante típico dos montes desta zona, algumas travessias de ribeiras, alguns singles tracks divertidos, tinha pelo menos 2 descidas perigosas mas devidamente assinaladas.

Foi uma manhã muito bem passada, optei por fazer os 40km e no final registei 42.6km e 1095m de acumulado ascendente o que revela a dureza do percurso. Gostei da organização e do ambiente entre os participantes, prova a repetir futuramente.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Serra do Arestal 2 Abril 2010

Fui com o amigo Viriato na sexta feira de Pascoa até à Serra do Arestal explorar mais uns trilhos novos num dia que amanheceu cinzento e com alguma chuva à mistura.
Galeria de Fotos
Fizemos o percurso habitual até Dornelas, a subida nova para o Arestal foi junto à aldeia de Boialvo, muito íngreme no inicio em alcatrão, e no vale da aldeia de Rio Bom muito pouco ciclável, devido à inclinação e ao piso cheio de pedra. Nessa altura começou a chover abundantemente o que dificultou ainda mais, até que finalmente no meio de intenso nevoeiro chegámos ao lugar do Arestal.

Após o reforço debaixo do coreto seguimos pelos bonitos caminhos das aldeias de Folhence e Linhares continuando ao longo do vale por um caminho rápido e divertido até à estrada de alcatrão que nos levou até Rocas do Vouga.

Após o troço de alcatrão voltámos a entrar no caminho florestal (cheio de lamas biológicas) até a aldeia junto a Sever do Vouga que eu chamo de "buraco", tal a dificuldade que tivemos em sair de lá noutras ocasiões. Desta feita o trilho já era conhecido, e foi sempre a abrir até Pessegueiro do Vouga onde entrámos na ciclo-via e restante percurso até Albergaria.

Fizemos 56km e 1160m de acumulado, a chuva e o terreno pesado dificultaram um pouco a progressão, a subida que fizemos para o Arestal é pouco aconselhável, existem alternativas algumas ainda por explorar.

Boa Páscoa, no domingo se o piso estiver seco vou dar uma volta de bike estrada (São Jacinto, ir e vir 90km), quem quiser aparecer às 9h em frente ao cinema é bem vindo.

domingo, 28 de março de 2010

Trilhos do Ladário 28 Março 2010

Finalmente chegou o clima e o horário de Primavera, hoje foi dia de um treino pela Serra do Ladário, agora que falta 1mês para dois grandes desafios, a Idade da Pedra em Vermoil e a Maratona de Idanha.

Aproveitei para explorar trilhos novos, alguns deles sem saída com muita pedra e tojos, o track que levava não me serviu de muito e foi navegação à vista até à Capela de St. Maria da Serra, onde se desenrolava uma prova do campeonato de motociclismo vertente Trial.
Galeria de Fotos
E assim passei uma
excelente manhã para a pratica do BTT, adoro a Serra do Ladário e ainda existem bastantes caminhos para explorar, no final contabilizei 56.4km e 1196m de acumulado feitos em 4h04min.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Do Rio Dão ao Mondego 16 Março 2010

Aproveitei umas mini férias para explorar um pouco a região do Dão, zona tipicamente vinhateira entre a Serra do Caramulo e a Serra da Estrela.
Galeria de Fotos
Fica aqui a galeria de fotos dos locais onde passei, lugar das Fontanheiras, Alcafache, Carvalhas, Póvoa de Luzianes e Caldas de Felgueira, num total de 40km e 1066m de acumulado. É uma região a revisitar, principalmente o vale do Mondego.

domingo, 7 de março de 2010

Maratona de Arganil 7 Março 2010

Foi o segundo ano consecutivo que me desloquei a Arganil para participar na maratona organizada pelo BTT Serra do Açor. Á partida encontrei pessoal conhecido, após as fotos da praxe e com a chuva a dar uma pausa foi o arranque a horas para um inicio rolante em alcatrão pelo centro de Arganil.
Galeria de Fotos
A primeira parte do percurso foi bastante dura devido a lama, após a separação dos percursos comecei então a "minha" maratona, ao longo da área de paisagem protegida da Serra do Açor. A parte final foi debaixo de chuva e num sobe e desce muito duro.

Não me vou alongar em mais comentários sobre esta prova, foi uma experiência inesquecível em condições muito duras, e que demonstrou mais uma vez que o BTT é diversão misturado com muito sacrifício, contabilizei 66km e 2112m de acumulado ascendente, feitos em 5h35 a andar.

domingo, 28 de fevereiro de 2010

TransAguieira - Santa Comba Dão 28 Fev 2010

Depois do vendaval de sábado fui no domingo até Santa Comba Dão participar no TransAguieira, maratona organizada pelo grupo Planeta Radical. Esperava muita lama no percurso, mas na realidade apenas apareceu em certas zonas, embora o piso estivesse muito pesado devido ás chuvas, e claro que havia árvores caídas.
Galeria de Fotos
O levantamento dos dorsais foi rápido, a partida quase a horas, depois de 3 ou 4 km a rolar apareceu uma enorme "parede", subida muito íngreme cheia de lama até à antiga linha férrea do Dão. Foi a parte mais bonita do percurso, com o rio Dão ao lado até à ponte férrea que aparentemente está a ser reparada para a prometida e atrasada ciclo via.

Pena que a opção de percursos tenha aparecido aos 8kms, uma noite mal passada e sintomas gripais fizeram-me optar pelos 40km. O percurso revelou-se um constante sobe e desce de que eu não sou muito adepto. Aos 20km foi o reforço, aos 28km apareceu um lamaçal imenso e campos alagados, devia ter sido tomada outra opção do percurso.

Aos 30km cheguei a um cruzamento de uma estrada principal e nem elementos da organização nem fitas. Após pesquisar várias opções, segui a que me pareceu mais lógica, um caminho de terra em frente, que se revelou errada. Lá tive de usar o ultimo recurso :), perguntar o caminho para Santa Comba Dão, ainda por cima estava a ir na direcção errada, depois foi rolar por um estradão florestal e por alcatrão até ao carro.

A lavagem das bikes só tinha uma mangueira, e após esperar 10min que um participante lavasse cuidadosamente a sua bike topo de gama lá tirei o barro do meu tractor, para depois ir tomar um banho de agua fresquinha, não era fria mas quase. O almoço foi razoável e rápido.

Resumindo, gostei de conhecer a antiga linha
férrea do Dão, a zona da Barragem da Aguieira, das meias oferecidas, de resto foi uma manhã normal de BTT, um bom treino para a maratona de Arganil da próxima semana.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Senhorinha 21 Fev 2010

Depois de uma noite de chuva torrencial e uma forte trovoada de madrugada ninguém imaginava que seria possível pedalar no domingo de manhã, felizmente o Pedro desafiou-me para uma volta e em boa hora o fez.
Galeria de Fotos
Começamos a volta pela Sra. do Socorro onde fomos barrados por inúmeros eucaliptos cortados sobre os caminhos. Depois de algum improviso lá entrámos na descida ao longo do Caima até Vale Maior. Continuámos ao longo do rio mas na margem esquerda até ao cemitério e seguimos pelo estradão das pedreiras do Gavião.

Após a difícil subida lá chegámos à casa do guarda de Vila Nova de Fusos. A "descida" para a ponte do rio Mau estava muito intransitável, estão a cortar uma área enorme de eucaliptos e as máquinas degradaram o piso todo. Passámos ao lado das Minas do Braçal e subimos até a aldeia da Senhorinha, o terreno estava pesado e a meio sentiu-se bem o minério negativo a prender :)

Finalmente fizemos a potente descida da Senhorinha para o meio da ciclo via, uma das mais divertidas aqui da zona. O regresso a Albergaria pela habitual subida de Sernada, os kms totais não foram muitos, 39km e 778m de acumulado.

No próximo domingo vou ao TransAguieira em Santa Comba Dão, e no dia 7 de Março vou à maratona de Arganil, zona muito bonita e espectacular mas com enormes subidas.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Serra da Freita - Carnaval 13 Fev 2010

O sábado de Carnaval amanheceu com temperaturas mais convidativas para ficar na caminha, em vez disso foi com um sol radioso que nos metemos ao caminho por mais de 40km sempre a subir para atingir um dos locais mais bonitos da nossa região, a Serra da Freita.
Serra da Freita
O percurso de ida e volta foi o habitual de outros anos, de referir apenas que o terreno de manhã estava gelado (o barulho das rodas no solo pareciam pipocas a saltar), todas as poças de água estavam congeladas, foi divertimento geral passar por cima delas, com o calor do dia o terreno ficou pesado o que dificultou um pouco o regresso.

Depois do excelente almoço servido com muita simpatia (obrigado D. Dina), fizemos um mini-tour na serra espectacular, rapidamente chegámos a Albergaria, mas era da Serra, e foi ai que deu para apreciar todo o esplendor da Freita, com os campos cultivados, rochas a perder de vista, as vaquinhas no meio dos caminhos, os rebanhos de ovelhas a pastar, as casas de pedra.

Foi uma dia muito bem passado na companhia de amigos, amantes do BTT que enfrentaram todas as subidas com determinação, as descidas no regresso com um sorriso na cara, o almoço no parque campismo do Merujal com grande sofreguidão :)


No final o registo foi de 83km e 2042m de acumulado feitos em 6h30 a pedalar. Um obrigado a todos e que venham mais jornadas épicas durante este ano, ideias não faltam!

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Da Eolica ao Ventoso 7 Fev 2010

Domingo de BTT com estreia do novo horário "mais matinal", arrancámos às 8h35 para mais uma volta fantástica, com subidas duras, descidas alucinantes, single tracks cheios de calhaus, mas principalmente grande convívio e diversão.
Galeria de Fotos
Quanto ao percurso, começamos por subir até à Eolica de Doninhas, fizemos a espectacular descida cheia de S´s até a aldeia de Seixo, seguimos para o Ventoso e depois foi sempre a curtir pelos single tracks da pista de downhill até ao rio Alfusqueiro. Seguimos para Á-dos-Ferreiros até à garganta do Rio Marnel, onde o pessoal teve direito a molhar os pezinhos:)

Quanto aos kms totais não registei, foram mais de 50, mas isso não é o importante, importante mesmo é desafiarmo-nos semanalmente para irmos um
bocadinho mais longe, sentirmo-nos bem nas subidas, curtir as descidas, chegar ao fim cansados fisicamente mas com o espírito liberto para enfrentar mais uma semana de trabalho.

Fortes pedaladas,
Evaristo

domingo, 31 de janeiro de 2010

Serra do Ladário 31 Jan 2010

Dia fantástico de BTT com uma volta pura e dura à Serra do Ladário, o local mais potente que temos aqui na zona para pedalar.

Arranquei com os companheiros Viriato e Pedro em direcção à ciclovia até Paradela, continuamos pela antiga linha do comboio até Cedrim. Subimos a tradicional calçada romana, estava muito escorregadia, depois continuamos até a bonita aldeia de Castêlo.
Galeria de Fotos

Subimos o monte até ao cruzamento e fizemos a descida muito técnica cheia de regos e pedras quase até à aldeia de Santo Adrião. Foi então tempo de uma pequena exploração, que nos revelou uma casa do guarda abandonada e o acesso ao caminho ao longo da meia encosta poente da serra que nos levou até Silveira.

O resto do trajecto foi sempre a abrir, descida da eólica e caminho da Alombada, no total foram 50km e 1000m de acumulado, numa volta plena de convívio e boa disposição.

A pedido de várias famílias :) a hora de inicio dos passeios de BTT ao domingo passou para as 8h30, no ponto de encontro habitual em frente ao cinema.

domingo, 24 de janeiro de 2010

A nova descida para as Minas do Braçal 24 Jan 2010

Finalmente voltou o bom tempo, encontrei-me com o Norberto em frente ao cinema e fomos ter com o resto do pessoal. Subimos a Vila Nova de Fusos pelas pedreiras e seguimos pela bem conhecida subida do tanque até aos 5 caminhos.
volta dos atrofiados
Convidei o pessoal a fazer uma nova descida para as Minas do Braçal e alguns aceitaram o desafio. Foi sempre a abrir por lá baixo, é uma descida um pouco escorregadia, mas muito rápida no final. Depois fiz o caminho da Foz do Rio Mau e subi
por Açores até Albergaria .

Foram 39km com 733m de acumulado ascendente, no próximo domingo será certamente uma volta mais potente no ponto de encontro habitual em frente ao cinema às 9h.

domingo, 17 de janeiro de 2010

Capela Ardida e Minas do Braçal 17 Jan 2010

Domingo impecável para uma volta de BTT com os amigos Nuno e Pedro da Guarda, subimos pelas pedreiras de Mouquim até Vila Nova de Fusos, depois de ajudar uns companheiros que não traziam bomba de ar nas suas Santa Cruz continuamos até a casa do guarda.
Galeria de Fotos
Subimos à Capela Ardida, o terreno estava muito pesado devido às imensas chuvadas que têm caído. Já não subia à Capela à uns meses, a paisagem é desoladora com tudo queimado do incêndio no fim do Verão.

Descemos até às Minas do Braçal, só voltamos a ver verde no tanque de água e já próximo das Minas. O Rio Mau estava com uma força incrível nunca o tinha visto assim, parecia uma verdadeira cascata. O regresso foi pelo caminho da Foz e mesmo no final começou a chuva que nos acompanhou até Albergaria.

Foi uma volta muito porreira com pessoal que tem gosto em pedalar todo o ano, como o GPS ficou em casa penso que fizemos uns 35km, para a semana há mais BTT.

domingo, 10 de janeiro de 2010

A volta do Gelo 9 Janeiro 2010

No sábado 9 de Janeiro Albergaria acordou debaixo de um manto branco de geada, mas com um sol radioso que motivou uma potente volta ao Arestal com o Nuno, Telmo e Bruno.
Galeria de Fotos
Pensava eu que o Arestal ia estar coberto de neve, puro engano, as zonas altas nem geada tinham apenas as poças de água estavam congeladas. Logo no inicio ao descer para Açores e recordando o dia em que parti o quadro da minha Giant NRS faz agora um ano, escorreguei novamente no gelo sobre a ponte do caminho de ferro.

O regresso do Arestal foi pela fantástica descida que à 15 dias tive o prazer de percorrer no sentido inverso, são cerca de 4kms a descer a grande velocidade mas com alguns obstáculos no percurso que requerem sempre muita atenção.

Viemos por Dornelas e pela descida do Gavião do meio, também muito rápida e com partes complicadas devido aos regos. No final registei 46km e 1164m de acumulado numa volta
em que o Bruno testou o quadro novo e em que o convívio salutar e animado esteve sempre presente.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Volta ao Caima 3 Janeiro 2010

O regresso aos passeios de BTT em 2010 foi condicionado pelas fortes chuvadas da manhã de domingo, assim fui com o Viriato derreter os excessos de Natal e Ano Novo da parte da tarde numa voltinha ao longo do Rio Caima.
Galeria de Fotos
Fomos até a Sra. do Socorro e seguimos sempre pela margem direita do Caima até Nespereira de Baixo, aproveitamos para desbravar alguns caminhos novos. O regresso foi por estrada por Telhadela e Ribeira de Fráguas até Albergaria. Fizemos 33km e 600m de acumulado.

O mês de Janeiro vai ser para treinar aqui na zona, passeios organizados apenas a 28 de Fevereiro, o TransAguieira em Santa Comba Dão.