domingo, 16 de maio de 2010

Serra do Ladário 16 Maio 2010

Regresso à espectacular Serra do Ladário, encontro em frente ao cinema as 8h25 com o Humberto e seguimos rapidamente para Sernada onde já estavam prontos para arrancar o Pedro da Guarda, o Kemp e os colegas.

Já em Carvoeiro encontrámos o Fausto e seguimos todos pela ciclo via até Paradela e depois pela antiga linha até Cedrim. Alguns já conheciam a calçada romana e desmontaram logo ali, o companheiro mais jovem tentou subir e quase que surpreendeu!
Galeria de Fotos
Como tínhamos horas contadas não parámos na aldeia do Castelo, em vez disso seguimos para a zona da casa do guarda do Ladário. Devido a um engano fizemos a encosta norte da serra, tem paisagens fantásticas sobre o vale do Vouga e as serras do Arestal, Freita e Farves.

Após a aldeia de Várzea foi o desafio do dia, uma subida super íngreme em alcatrão até à albufeira da Vessada do Salgueiro. O pessoal foi tirar uma fotos ao marco geodésico e depois foi sempre a abrir passando em Lameiro Longo para logo entrar nas potentes descidas até à zona industrial de Cedrim.

O caminho de Alombada já era conhecido de toda a gente, foi sempre a rolar até Sernada, e no meu caso e do Humberto até Albergaria num total de 60km e 1218m de acumulado.

Foi uma manhã muito bem passada na companhia de malta que tem prazer de pedalar e de novos desafios, fica a promessa de um nocturno assim que se proporcionar. No próximo domingo vou pedalar até ao Marão.

3 comentários:

Anónimo disse...

Boas! Mais uma bela manha de BTT! Mas aquela subida para o posto de vigia do Ladário é de deseperar para chegar ao fim! Abraço e boas e mtas pedaladas.

Humberto

Hernâni disse...

Evaristo, para o Marão leva farnel, nos dois últimos anos o almoço foi miserável,o ano passado nem comida havia, foi o único ponto negativo, espero que este ano corrijam isso de uma vez por todas.
Quanto ao Ladário nem digo nada :)

JC@rlos disse...

Boas,

Foi um bonito passeio por sítios por onde nunca tinha andado. Gostei mesmo, bonitas paisagens :)

Temos que repetir com mais tempo

Fortes Pedaladas

José Carlos (jocasi)