segunda-feira, 30 de agosto de 2010

CONVITE - CARAMULO 11 Setembro 2010

Para assinalar o 3º ano do blog AlbergasBTT fica aqui o convite para mais um grande desafio, uma travessia Albergaria-Caramulo-Albergaria com um total de 115km e 3000m de acumulado.
AlbergasBTT@Freita
O arranque é em frente ao cine-teatro de Albergaria-a-Velha às 8h em ponto do dia 11 de Setembro, e vai ser um passeio em autonomia total com chegada prevista ao fim do dia. A dificuldade física vai ser elevada mas tecnicamente
fácil.

Quem quiser participar é enviar um email para o albergasbtt@gmail.com que posteriormente serão fornecidos mais elementos, incluindo o track GPS.

domingo, 15 de agosto de 2010

Freita a Ferro e Fogo 14 Agosto 2010

Convidei um grupo de amigos para fazer um raid pela Serra da Freita e Serra da Gravia, mas quando acordei as 5h30 da manhã fui espreitar o céu vi o sol a nascer por baixo de nuvens negras de cinza na direcção que pretendíamos seguir fiquei algo apreensivo.

Como não somos malta que desiste à 1ª adversidade decidimos avançar e ir tomando decisões conforme a situação no terreno. Logo no Gavião o Humberto teve de reparar um furo, a meio da subida tive de voltar a descer para ir buscar os óculos que tinham caído, mas depois seguimos a bom ritmo até à Sra. da Saúde, onde tivemos o 1º contacto com o fogo junto a umas casas. Foi espectacular ver a eficiência da intervenção de uma equipa helitransportada que rapidamente apagou o inicio de incêndio.
Galeria de Fotos
O caminho até Felgueira foi o habitual, mas o fogo já tinha passado por algumas zonas, não é agradável pedalar com tudo negro a volta. Fumo negro era o que se via ao longe na serra da Freita, com um incêndio activo no alto da encosta que queríamos subir. A opção de subir por estrada era inviável, com o abrandamento do vento e intervenção de 2 Canadairs optamos pela habitual subida dos calhaus, a prova de fogo do Humberto :)

Sem percalços chegamos à vista da espectacular cascata da Frecha da Mizarela e até a própria encosta da cascata estava a arder! Sem mais demoras pedalamos até ao restaurante do parque de campismo do Merujal onde mais um vez fomos excelentemente atendidos. Para o almoço veio o Zé Carlos, o Zé "Preto" e o João Paulo para fazer a parte da tarde do percurso.

Depois do repasto foi pedalar a custo por Albergaria da Serra em direcção a Gestoso por caminhos muito técnicos cheios de pedra e com a paisagem da espectacular Freita ensombrada por algum fumo. O nosso track
infelizmente encontrou um fogo activo, tivemos de adiar aquela que será uma descida muito radical até Lomba e Carregal, e assim deslizamos a velocidades alucinantes por alcatrão até Manhouce.

O objectivo era percorrer o planalto da Serra da Gravia, mas os famigerados incêndios tinham tornado a paisagem completamente negra, pelo que optamos seguir até à N227 por alcatrão. Foi então que veio a surpresa do dia, uma longa descida em terra passando na aldeia de Paradela até ao rio Vouga, para atravessarmos a famosa ponte de chapa suspensa. Qual Indiana Jones e com mais ou menos dificuldades todos atravessaram :) O pior foi depois, sair daquele buraco cheio de silvas e com vedações e portões.

Já no alcatrão subimos até Oliveira de Frades e após a paragem para reforço na pastelaria do costume entrámos no percurso da antiga linha do vale do Vouga para os 40km finais até Albergaria.

Não é agradável pedalar com os fogos por perto e no meio de floresta queimada, é triste ver o nosso património florestal e paisagístico ser delapidado desta forma, espero que futuramente o país tenha coragem e vontade para olhar para a floresta de outra forma.

Foi um dia em cheio de BTT, muita emoção e aventura, grande convivo e entreajuda, contabilizei 114km 2300m de acumulado ascendente, chegamos a Albergaria ao anoitecer e pessoalmente com um grande empeno. Um obrigado aos amigos que alinharam nesta aventura (Nuno, Fernando, Norberto, Humberto e João Paulo), venha agora o Caramulo!