domingo, 6 de março de 2011

Maratona de Arganil 6 Março 2011

Regressei a Arganil pelo 3º ano consecutivo para a 4ª Maratona do Clube Arganil BTT e mais uma vez percorrer os trilhos e paisagens fantásticas da serra do Açor.

O inicio foi rolante em alcatrão até entrar nos caminhos florestais com alguma lama a mistura até a aldeia de Celavisa. A partir dai começou a verdadeira subida até ao reforço ao km17, em Arganil é sempre de esperar longas subidas em estradão até ao alto da serra e esta não foi excepção.
Galeria de Fotos
Após o reforço surgiu logo a separação dos 40kms ou 80kms, tal como nos anos anteriores não hesitei, mesmo sabendo que a forma física este ano está muito em baixo. A parede que surgiu logo após a opção dos 80km era qualquer coisa demais, mas com muito sacrifício atingi o alto das antenas de radio. Foi ai que encontrei 2 companheiros dos Galitos com quem segui pelas rápida descida até Celada das Eiras e depois sempre em grande velocidade até à aldeia de Cepos onde fomos presenteados com umas belas filhoses.

O trilho desde Casal Novo até Relvas Verdes é espectacular, mas provocou grande desgaste, rolámos até Teixeira para o reforço. Após uma ajuda da organização, atacámos a subida de Água de Alte até ao famoso single track do ano passado, este ano não estava tão escorregadio e foi divertido percorre-lo. Depois do single veio mais uma parede, as forças estavam no fim e foi uma imensa alegria fazer a rapidíssima descida e o trilho rolante até a aldeia de Esculca.

Até ao final foi sempre a rolar em boa velocidade, já em Arganil ainda foi necessário subir até à EB23 que fica mesmo no alto. Foi lavar a bike, banho em água morna e almoçar uma bela sopa e um arroz porreiro e dizer até pro ano.

Penso que este ano a organização elevou muito o nível da maratona em termos de percurso, inúmeros single tracks, alguns com passagem em sítios de rara beleza, montanhas imponentes com paisagens fantásticas, mas acima de tudo um acolhimento e acompanhamento com simpatia excepcionais, quanto aos mais de 2000m de acumulado e a exigência física muito elevada é isso que torna esta maratona um grande desafio!

1 comentários:

Kemp Carlos disse...

Grandes fotos Evaristo. ;)